AnúncioAnúncio

Brasil

Manaus

Amazonas vence o Botafogo-PB, garante acesso à Série B e está na final da Série C

O Amazonas está na Série B do Brasileiro 2024! A equipe amazonense de apenas quatro anos, que na temporada passada subiu da Série D, garantiu o acesso neste sábado à tarde ao vencer o Botafogo-PB por 2 a 0, na Arena da Amazônia.


O Amazonas-AM venceu o Botafogo-PB por 2 a 0 na noite deste sábado (7) e garantiu o acesso à Série B do Brasileirão. Os gols da partida, disputada na Arena da Amazônia, em Manaus, foram marcados por Rafael Tavares e Diego Torres.
Todos os tentos foram marcados ainda na primeira etapa. O primeiro foi marcado por Diego Torres, de pênalti, aos 18 minutos. Logo depois, aos 22, a Onça-Pintada ampliou com Rafael Tavares, após bela jogada de Igor Bolt.

O resultado era o suficiente para o Amazonas-AM se classificar à Segundona. Além disso, com a derrota do Paysandu para o Volta Redonda-RJ, fora de casa, a Onça-Pintada ainda garantiu vaga na grande final da Série C, diante do Brusque-SC.

Arena da Amazônia – Foto: reprodução

Amazonas 2 x 0 Botafogo-PB

Aos 11 minutos, o árbitro marcou pênalti para o Amazonas por toque de mão dentro da área. Na cobrança, Diego Torres bateu no canto direito e tirou do goleiro para colocar os donos da casa na frente logo no início de jogo.

Continua depois da Publicidade

No segundo tempo, os donos da casa diminuíram o ritmo e pouco atacaram para administrar o resultado. Do outro lado, o Botafogo tentou diminuir com chegadas tímidas no campo de ataque, mas não conseguiu furar a defesa adversária.

Volta Redonda 1 x 0 Paysandu

Foto: reprodução

As duas equipes passaram em branco em um primeiro tempo com poucas emoções. Foi na segunda etapa que os times entraram no jogo e deixaram a partida movimentada. Em cobrança de falta para o Volta Redonda, aos 17 minutos, Ítalo Carvalho desviou cruzamento com a cabeça, e Bruno Barra completou de pé direito para abrir o placar.

Após o gol, a partida foi paralisada por confusão entre as torcidas na arquibancada. Com o jogo retomado, o Volta Redonda não deixou o ritmo cair e teve as melhores oportunidades, assustando a defesa do Paysandu, que perderia a vaga em caso de derrota por dois gols de diferença. Os visitantes conseguiram se fechar e evitaram uma derrota elástica.