Política

São Paulo

Tarcísio de Freitas lamenta mortes causadas por chuvas em SP

Segundo a Defesa Civil, seis pessoas morreram em decorrência de desabamentos de muros, paredes e árvores.


O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), manifestou lamento pelas mortes causadas pelas chuvas de ontem no Estado.

“Lamentamos profundamente a morte de seis pessoas que foram vítimas de quedas de árvores e muros em razão da tempestade da última noite”, publicou o governador em seu perfil no X, novo nome do Twitter.

Continua depois da Publicidade

“Todo o Estado de São Paulo sofreu com um evento climático extremo, marcado por chuva de grande intensidade e fortes rajadas de vento, sendo a região metropolitana de Campinas a mais atingida”, disse ele.

Tarcísio afirmou que as equipes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros “estiveram a postos para atender as mais de 2.000 ocorrências registradas”.

Segundo o governador, os dois órgãos “apoiam os municípios afetados para restabelecimento de energia e liberação de vias comprometidas pelas quedas de árvores”.

O chefe do Executivo paulista também disse que a Sabesp está trabalhando para restabelecer o fornecimento de água.