Justiça

Manaus

Médico é sequestrado após plantão em hospital de Manaus e é resgatado no dia seguinte

O médico oncologista Fábio Medeiros foi sequestrado na noite de terça-feira (12/09) e resgatado pela Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (13/09).


O médico oncologista Fábio Medeiros foi libertado após ser vítima de um sequestro na noite desta terça-feira (12) em Manaus. Ele foi levado da frente de uma unidade de saúde onde estava de plantão. O resgate ocorreu na manhã desta quarta-feira (13).  Os sequestradores pediram R$150 mil de resgate.

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) ainda não divulgou maiores detalhes sobre o caso ou se o valor do resgate foi pago, apenas que a vítima foi salva sem ferimentos.

Continua depois da Publicidade

A polícia não passou maiores informações sobre o cativeiro do médico, como aconteceu o resgate e se o valor foi pago pelos familiares. O resgate foi confirmado pela polícia, informando que a vítima foi salva sem nenhum ferimento.

Outros médicos, amigos de Fábio Medeiros, informaram que o sequestro aconteceu na saída de um plantão em uma unidade do Hospital Hapvida no início da noite e que o momento foi registrado por câmeras de segurança.

Oncologista, Fábio Medeiros – Foto: reprodução

O carro do médico foi encontrado abandonado na área do bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus, com os documentos. No início da manhã, os sequestradores entraram em contato com a família. Os criminosos colocaram o oncologista para falar com familiares como prova de que ele estava vivo e pediram o resgate.

O médico é o segundo sequestrado com pedido de resgate pelos sequestradores em menos de 30 dias. A ação dos criminosos está causando medo na população, disse o jornal, informando que na madrugada do dia 15 do mês passado, um empresário do ramo imobiliário de 36 anos de idade foi sequestrado e mantido em cárcere privado. Dois dias depois ele foi colocado em liberdade após pagamento de resgate, também no bairro do Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

Na ação de resgate, três criminosos foram presos, dois foram mortos e outros dois conseguiram fugir, segundo a polícia.