Amazonas

Manaus

O Amazonas esta de luto: Morre Teixeira de Manaus aos 80 anos

Rudeimar Soares Teixeira, mais conhecido artisticamente como Teixeira de Manaus, lutava contra um câncer na hipófise. Ano passado o artista foi tema da banda do Boulevard


A música amazonense está de luto com a triste notícia do falecimento do renomado saxofonista Rudeimar Soares Teixeira, conhecido artisticamente como Teixeira de Manaus. O artista, aos 80 anos, partiu na manhã desta quinta-feira (18) após passar 58 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde recebia tratamento para um tumor na hipófise.

Filho de agricultores, o artista nasceu no dia 8 de dezembro de 1944 na Costa do Catalão pertencente, na época, ao município de Careiro de  Várzea, interior do Amazonas. Aos 8 anos se mudou para a capital para realizar seus estudos e acabou se tornando músico aos 18 anos, tocando nas boates de beira de estrada e nos beiradões. Uma de suas músicas “Lambada para Dançar”, foi um grande sucesso vendendo mais de 100 mil cópias.

Continua depois da Publicidade

Capa do disco “Deixa o Meu Sax Entrar” que rendeu ao artista a venda de 100 mil cópias – Foto: reprodução

Teixeira de Manaus foi reconhecido por sua contribuição singular à cena musical, especialmente por sua habilidade excepcional com o sax alto. Sua expressividade artística e inovação fizeram dele um dos precursores do movimento musical regional denominado “beiradão”, marcando uma era na cultura musical do Amazonas.

A família do músico confirmou a notícia do falecimento, gerando comoção entre seus fãs. Até o momento, não foram divulgadas informações sobre os detalhes do velório e do enterro.

A partida de Teixeira de Manaus deixa uma lacuna significativa na rica tapeçaria musical da região. Seu legado perdurará como fonte de inspiração para as gerações futuras, e sua música continuará a ressoar como um testemunho eterno de seu talento e dedicação à cultura amazônica.

Homenagens

Ano passado, após uma interrupção de dois anos em razão da pandemia, a Banda do Boulevard 2023 veio com o samba intitulado ‘Teixeira de Manaus é Beiradão: Cultura do Amazonas em canção’, o músico Rudeimar Soares Teixeira mais conhecido artisticamente como Teixeira de Manaus foi o homenageado.

Teixeira de Manaus e esposa, Darcy Teixeira. Foto: Acervo Pessoal – Foto: Deice Teixeira

Filhas e neta de Teixeira de Manaus desejando bastante sucesso à Banda. Foto: Acervo PessoalDe acordo um dos organizadores da Banda, Dr. Luis Claudio Chaves, o principal motivo para que o Beiradão de Teixeira de Manaus ter sido escolhido como tema de 2023, se deve em razão de representar um dos ritmos que identificam a cultura amazonense, contribuindo para unir a sociedade, sobretudo em razão da divisão do estado e do país ocorrida nas últimas eleições.

O velório do músico Teixeira de Manaus esta sendo realizado na funerária Recanto da Paz, bairro Santo Agostinho, zona Oeste da capital amazonense.